HONRANDO O FILHO – 02/01/2012

05/01/2013 18:49

 

HONRANDO O FILHO – 02/01/2012

Leia a Bíblica - Click aqui

https://sites.google.com/site/jesus2336987/

http://honrandoofilho.blogspot.com.br/

João 5: 23 ... Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou. Quem não honra Jesus não honra a Deus!

Para honrá-lo, temos que antes conhecê-lo, e é isto que faremos agora: Quando o Apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo fala de JESUS aos Colossenses ele diz o seguinte: Colossenses 1: 15 O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.

Está muito claro: Quem vê Jesus vê à Deus, os dois são um só! Portanto, se quisermos conhecer à Deus, observemos como Jesus viveu quando veio viver como homem, e se realmente buscamos nos aperfeiçoar e chegarmos a ser como Ele é, pois na verdade é a maneira de ser para a qual “nos que cremos n’Ele” fomos escolhidos e predestinados, observemos os seus ensinamentos, a sua vida, a sua justiça, o seu amor e a sua capacidade de perdoar.

 Antes de criar qualquer outra coisa, Deus criou JESUS e quando lermos os versículos seguintes (Colossenses 1: 16 e 17) entenderemos que n’Ele, isto é: Em JESUS CRISTO, todas as coisas foram criadas; tudo o que existe, tanto nos céus como na terra, as coisas visíveis e também as invisíveis, tudo foi criado através d’Ele, por Ele e para Ele; e também, Ele (JESUS) existe antes de todas as coisas (a primeira criação de Deus), e todas as coisas subsistem por ele, ou seja: Ele sustenta todas as coisas.

Vamos ler na Bíblia segundo a tradução “Almeida Revista e Corrigida”: Colossenses 1: 15 O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; 16 Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. 17 E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

No Evangelho segundo João também veremos a confirmação disto: João 1: 1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

Pelo pouco que conhecemos da hierarquia no universo, sabemos que em primeiro lugar está DEUS e em segundo lugar JESUS, pois como lemos em (Apocalipse 5: 8) No reino de Deus, todos adoram à Jesus, tanto os serafins, como os querubins, como os arcanjos e os anjos. Todos o adoram porque Ele é maior que todos! Só não é maior que Deus o qual lhe sujeitou todas as coisas: I Coríntios 15: 27 Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. Ou seja: Jesus é sobre tudo e sobre todos, apenas Deus é sobre Ele!

E são várias outras passagens Bíblicas que afirmam isto, como por exemplo: (Apocalipse 1: 8 Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.), e também: (Hebreus 1: 8 Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. 9 Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.) e varias outras passagens Bíblicas que mostra claramente que acima de Jesus somente o próprio Deus.

É por isto que Jesus pode afirmar que Ele é o caminho a verdade e a vida e que ninguém vai ao Pai senão por Ele; e também a porta das ovelhas e se nós entrarmos por Ele nos salvaremos; e também a videira verdadeira e se nós que somos os galhos permanecermos ligados a Ele, produziremos frutos para a vida e se por outro lado nos desligarmos d’Ele, secaremos e morreremos.

É fundamental sabermos quem é JESUS CRISTO e conhecermos a sua glória, a sua magnitude, a sua superioridade, majestade, grandeza, plenitude e todas as suas demais qualidades, para que atentemos com mais diligencia ao seu grande mandamento que é o AMOR, pois Ele declarou não uma, más três vezes: AMAIVOS UNS AOS OUTROS:

- João 13: 34 Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

- João 15: 12 O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

- João 15: 17 Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros.

Estou notando em nossos tempos, uma grande tendência dos já convertidos em guardar as leis em detrimento de praticar o amor e a reta justiça, ou seja: Pessoas que buscam guardar diligentemente os mandamentos que muitas vezes são tradições de homens quanto ao fazer isto, ou deixar de fazer aquilo. É bom que sirvamos a Deus de todo nosso coração e entendimento, porem não podemos nos esquecer do mais importante que é o AMOR, pois como Jesus disse: Marcos 7: 6 ...Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim.

Vamos nos lembrar de que Deus conhece o coração de cada um de nós!

E também não coloquemos fardos pesado e difíceis sobre os ombros dos outros, pois o fardo de Jesus é leve e o seu julgo é suave!

Se deixarmos o Espírito Santo nos conduzir Ele nos fará ser cada dia mais misericordiosos, e é exatamente isto que Jesus quer: Mateus 12: 7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes.

Ou seja: Façamos tudo que o Espírito Santo nos mandar fazer, mas antes de tudo, pratiquemos o amor e a reta justiça, pois como Jesus disse: João 7: 24 Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. Em outra tradução diz assim: João 7: 24 Parem de julgar pelas aparências e julguem com justiça.

A doutrina de Jesus é a mesma de Deus e Ele nos ensinou a amar os inimigos, orar pelos que nos perseguem, fazer aos outros tudo que nós queremos que os outros façam por nós.

O ensinamento de Jesus que é a mesma doutrina de Deus, é que nos amemos uns aos outros como Ele nos amou, pois Ele deu a vida por nós e ainda orou pelos que o crucificavam.

Portanto, agora que entendemos a majestade e a glória de JESUS CRISTO, vamos atentar para o seu grande mandamento o qual é o mais importante de todos “AMOR”: AMOR aos pequeninos! AMOR aos necessitados! AMOR aos drogados! AMOR aos mendigos! AMOR aos excluídos! AMOR aos que estão na prostituição e a todos os demais que estão sendo prisioneiros de satanás e que necessitam da nossa orientação, da nossa oração, da nossa intercessão para que Jesus o único que pode, os libertem das cadeias do demônio.

Deus é um ser puro e Ele habita no meio de seres também puros (querubins); Ele não tolera maldade e nós homens somos cheios de maldade, corrupção e engano, e é exatamente nisto que temos que mudar!

Deus nos criou e nos ama mais do que podemos compreender; Ele quer nos ajudar e para que isto fosse possível Ele deu o que Ele tinha de mais valioso: Seu Filho JESUS, o qual estava com Ele antes de tudo.

Ele nos deu o seu próprio Filho para que crendo n’Ele, recebêssemos o seu Espírito Santo que nos da vida, nos edifica, nos transforma em novas criaturas, nos faz também filhos de Deus e participantes da sua natureza Divina.

Para compreendermos perfeitamente a importância do amor e da pureza, vamos meditar nestas poucas palavras que o Espírito Santo nos revelou pela boca de João: I João 3: 1 Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. 2 Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. 3 E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. 4 Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade. 5 E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado. 6 Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu. 7 Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. 8 Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo. 9 Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. 10 Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus. 11 Porque esta é a mensagem que ouvistes desde o princípio: que nos amemos uns aos outros. 

 

 

 

e também

 

 

 

 

COMO DEVEMOS VIVER – 04/01/2012

Leia a Bíblica - Click aqui

https://sites.google.com/site/jesus2336987/

http://comodevemosviver.blogspot.com.br/

Deus é um ser puro e habita no meio de seres também puros (querubins); Ele não tolera a maldade e a injustiça e nós seres humanos somos cheios de maldade, injustiça, corrupção e engano, e é exatamente nisto que devemos mudar!

Os olhos de Deus passam por sobre a terra e param nas pessoas de coração puro, pois Ele tem prazer na bondade, no amor, na pureza, na benignidade e na justiça!

“Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dele.” (II Crônicas 16: 9)

Vamos analisar dois ensinamentos de JESUS CRISTO, primeiro quanto ao que não é importante para Deus e depois o que é realmente importante para Deus:

1º - Marcos 7: 1 E ajuntaram-se a ele os fariseus, e alguns dos escribas que tinham vindo de Jerusalém. 2 E, vendo que alguns dos seus discípulos comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar, os repreendiam. 3 Porque os fariseus, e todos os judeus, conservando a tradição dos antigos, não comem sem lavar as mãos muitas vezes; 4 E, quando voltam do mercado, se não se lavarem, não comem. E muitas outras coisas há que receberam para observar, como lavar os copos, e os jarros, e os vasos de metal e as camas. 5 Depois perguntaram-lhe os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos conforme a tradição dos antigos, mas comem o pão com as mãos por lavar? 6 E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, Mas o seu coração está longe de mim; 7 Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. 8 Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. 9 E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição. 10 Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá. 11 Vós, porém, dizeis: Se um homem disser ao pai ou à mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta ao Senhor; 12 Nada mais lhe deixais fazer por seu pai ou por sua mãe, 13 Invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição, que vós ordenastes. E muitas coisas fazeis semelhantes a estas. 14 E, chamando outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós, todos, e compreendei. 15 Nada há, fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é que contamina o homem. 16 Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

Agora vamos ver o que realmente Deus quer de nós:

1º - Lucas 6: 27 Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam; 28 Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam. 29 Ao que te ferir numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses; 30 E dá a qualquer que te pedir; e ao que tomar o que é teu, não lho tornes a pedir. 31 E como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira lhes fazei vós, também. 32 E se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam. 33 E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que recompensa tereis? Também os pecadores fazem o mesmo. 34 E se emprestardes àqueles de quem esperais tornar a receber, que recompensa tereis? Também os pecadores emprestam aos pecadores, para tornarem a receber outro tanto. 35 Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus. 36 Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. 37 Não julgueis, e não sereis julgados; não condeneis, e não sereis condenados; soltai, e soltar-vos-ão. 38 Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo. 39 E dizia-lhes uma parábola: Pode porventura o cego guiar o cego? Não cairão ambos na cova? 40 O discípulo não é superior a seu mestre, mas todo o que for perfeito será como o seu mestre. 41 E por que atentas tu no argueiro que está no olho de teu irmão, e não reparas na trave que está no teu próprio olho? 42 Ou como podes dizer a teu irmão: Irmão, deixa-me tirar o argueiro que está no teu olho, não atentando tu mesmo na trave que está no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás bem para tirar o argueiro que está no olho de teu irmão. 43 Porque não há boa árvore que dê mau fruto, nem má árvore que dê bom fruto. 44 Porque cada árvore se conhece pelo seu próprio fruto; pois não se colhem figos dos espinheiros, nem se vindimam uvas dos abrolhos. 45 O homem bom, do bom tesouro do seu coração tira o bem, e o homem mau, do mau tesouro do seu coração tira o mal, porque da abundância do seu coração fala a boca. 46 E por que me chamais, SENHOR, Senhor, e não fazeis o que eu digo? 47 Qualquer que vem a mim e ouve as minhas palavras, e as observa, eu vos mostrarei a quem é semelhante: 48 É semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque estava fundada sobre a rocha. 49 Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa.

Vamos pedir a Deus em o nome de JESUS CRISTO que nos dê os dons de: Amar e perdoar, para que possamos ser também agradáveis aos olhos de Deus como Jesus é: Hebreus 1: 8 Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. 9 Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.

Procuremos praticar o amor e a reta justiça para sermos benignos como o Senhor é, e deixemos toda iniqüidade, que é sinônimo de: Maldade, injustiça, crueldade, arbitrariedade, abuso, crime, delito, desigualdade, parcialidade, etc.